Presente ao Curso

Uma grata surpresa que nos foi revelado por esse Mestre, abaixo um presente ao Curso de Teatro da Unimontes. 
Rel Mendes

Querida amiga, revisei, pra melhor, a poesia de propriedade do Grupo de Teatro Unimontes: O percurso da vida..., você poderá observar que ficou bem melhor! Abraços e abraços tantos...

O percurso da vida... (Sob o olhar de um homem de TEATRO)

Lá com seus botões, o homem de TEATRO Esbraveja:

Se concluída a gestação, A natureza te inflige a abandonar O aconchego quente do útero materno, Proponho-te que, já no proscênio, Proteste gritando, proteste aos berros!... Logo que do parto, na terra te derrames, Prove tua existência, gritando aos berros!...

Oh! Vem depressa, vem logo! Mostra-me teu rosto ainda oculto, Porque a ansiedade me consome!...

Ò novo menestrel, és esperado Desde a tua concepção! Meu delírio será ver-te atuar, No velho palco da vida... Fazendo florescer emoções, Por esse mundão afora...

Lá com seus botões, o homem de TEATRO Pensou ter ouvido:

Olha aqui, presta atenção!... Se versátil será o meu ofício de menestrel, Tanto mais inconstante e volúvel, Será o semblante do meu rosto, Mas se te dá gosto conhecê-lo, Escolha, na ladainha, aquele Que do teu agrado seja:

Um rosto dolorido, Um rosto triste, Um rosto espantado, Um rosto assustado, Um rosto empalamado, Um rosto faminto, Um rosto de muitas máscaras, Quem sabe, um rosto versátil ...de artista?

Lá com seus botões, o homem de TEATRO, Sem economias, esbraveja intrépido

Presta atenção, digo eu!... Se te estimulei a perder a invisibilidade, Apressa-te a interpretar, com talento, Os personagens que te serão ofertados, Pois o tempo e a vida ligeiros se esvaem, E ainda pretendo ver-te alcançar o sucesso, Antes que se apaguem os holofotes, E, de súbito, se calem os aplausos!...

(Um mimo ao Grupo de Teatro Unimontes)

Montes Claros, 2012-07-24 RELMendes

  • Solange Sarmento

    Obrigada querido!! Vou repassar para o alunos que estão com o trabalho onde inserimos esse poema maravilhoso!! No dia 12 apresentaremos o trabalho no Festival de Bocaiúva, Grande Abraço!!

     
     
  •  
    Rel Mendes

    Rel Mendes

    Obrigado querida amiga, por ter aceito a reformulação! Ai, você pode observar que há a possibilidade de ser um monólogo, ou uma montagem, com três interprete: O narrador, o homem de Teatro, o nascituro imaginário! Penso que ficou bem mais conclusivo! Desculpe-me se manuseei uma propriedade do amado Grupo de Teatro Unimontes! Abraços e abraços tantos...